quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

O SABOR DOS VURDÓNS – PEQUENOS TRUQUES.


Todas nós temos truques...
Todas nós temos sonhos...
A diversidade é quem faz a mesa...
Seja lá onde for...


Das estradas do Brasil: Repolho roxo, cozido e não desbotado: adicione gotas de limão ou vinagre, na hora de refogar.

Polenta mais saborosa: experimente fazê-la cozinhando o fubá com um caldo de carne e leite, ao invés de água. Caso a polenta seja de forno divida a quantidade de líquidos indicados em duas partes: uma de leite e caldo de carne e a outra de creme de leite ou de queijo.



 Se a cozinha estiver com cheiro forte de peixe, fritura ou o quer que seja, encha um copo com vinagre tinto e coloque-o sobre a geladeira ou armário.  

Para tirar o amargo da berinjela, deixe-a  de molho na água com um pouco de sal e vinagre por meia hora.



Dos Vurdóns da Itália e Portugal: Para dar um aroma agradável ao vinagre, coloque no frasco algumas folhas de manjericão ou alecrim e depois tampe bem.  

 

Colecção de guias completos sobre temas que versam desde plantas, ervas, produtos gourmet, bebidas e culinária. 
Origens, características, variedades sobre as temáticas especificas de cada titulo. A venda na Fenac.
Profusamente ilustrados são guias práticos, fonte de informação para curiosos e profissionais das mais diversas áreas.





Faça você mesma seu requeijão: Requeijão caseiro: 2 litros de leite, 1 xícara de vinagre branco, 1 colher de manteiga e sal a gosto.Coloque o leite numa panela, quando começar a ferver coloque o vinagre e mexa. Desligue o fogo, escorra o soro, coloque a massinha no liquidificador, coloque a manteiga e adicione sal. Bata até virar um creme!  



Quase um rei, na vi e na cozinha...

óleo de cravo serve tanto para aviar dor de dente quanto para manter unhas de pés e mãos livres de fungos e bactérias...e lindas.

Dos nossos amigos indianos a dica é: Para dar um sabor especial a qualquer prato com batatas cozidas, coloque 2 ou 3 cravos-da-índia na água do cozimento.  



Faça você seu tempero: 

Faça um tempero caseiro: Você precisará de 1 maço de cheiro-verde, ½ maço de manjericão, 4 tomates secos, 7 dentes de alho e 1/2kg de sal. Misture tudo no liquidificador e bata por alguns segundos. Coloque em um vidro esterilizado e totalmente seco. Guarde na geladeira. Caso não coloque o tomate seco pode guardá-lo na prateleira. 

Um carinho pra vocês...nossas duas paixões: Dança e comida.


 SARA KALÍ GROUP
 
Dos campos onde o homens e mulheres aprenderam a dançar, cozinhar e criar suas famílias...dos celtas...dos lagos...das montanhas...do mar pro mundo, o caminho inverso.
Os azeites são uma paixão a parte, então, deixamos vocês com essa receita maravilhosa de Danio Braga: PASTA AL VERO PESTO GENOVESE. www.planetaorganico.com.br/danio1.htm(matéria)











Ingredientes para 4 pessoas:

400 gr massa se sêmola de grão "durum" Linguine importada ou Brasileira1 molho de manjericão fresco de folhas graúdas.
80 ml azeite extra virgem Italiano
20 gr de alho picado
50 gr de pinoli (pinhões-snubber)
50 gr de queijo parmesão Italiano ralado
50 gr de queijo pecorino ralado
sal e pimenta a gosto
100 gr de vagens pequenas
100 gr de batatas lavadas e descascadas


Modo de fazer:

O molho pesto precisa ser feito com a ajuda de um liquidificador. Coloca-se primeiramente o azeite, o alho, o sal, os pinhões, as folhas (somente) lavadas e secas do manjericão e por último os dois tipos de queijo. Liquidificar evitando demorar muito tempo para evitar excessiva perda cromática do manjericão. Obtenha um creme homogêneo e cremoso, separe.
Picar de forma minúscula as vagens e as batatas para cozinhar juntamente com a massa em água salgada (1 lt de água para cada 100 gr de massa) até ficar pronta e al dente, seja a massa que os dois legumes. Escorrer, juntar a frio o molho pesto juntamente com os legumes, misturar bem e servir bem quente. Se ficar muito seco colocar um pouco da água de coação da massa para aumentar a liquidez do molho pesto.
OBS: nunca esquentar o molho!!!


COZINHA DOS VURDÓNS

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SOU CIGANO - Bruno Gonçalves